Como ganhar dinheiro com a escrita?

Escrever pode ser uma válvula de escape para várias pessoas, um refúgio ou a melhor maneira de se expressar. É tanto que muitas delas vão se aperfeiçoando, e a escrita torna-se um sonho, uma meta ou um hobby. E que tal torná-la uma fonte de renda? Melhor ainda, no conforto da sua casa, de maneira totalmente remota ou como for do seu agrado.

Trabalhar remotamente pode te conceder mais autonomia, mais flexibilidade para estipular o seu horário de trabalho, focando no que é do seu interesse, usar sua criatividade como preferir com a vantagem de escolher onde será o seu escritório.

Para isso, antes de tudo, você deve saber que esse tipo de encargo requer bastante dedicação, responsabilidade e equilíbrio. Foi pensando exatamente nisso que te trouxe 5 dicas de ferramentas e maneiras de se trabalhar escrevendo!

1. Freelancer

Ser freelancer é total sinônimo de independência. Aqui você escolhe exatamente o que quer fazer, onde quer, quando e para quem fazer. Há diversos sites que possuem as mais variadas oportunidades onde você pode utilizar a escrita para ganhar dinheiro, é só mostrar o que sabe fazer.

Algumas possibilidades são a criação de conteúdo para sites – de moda, esportes, beleza, investimentos, entretenimento… –, desenvolver artigos, monografias, ajudar estudantes com a formatação de TCCs, revisar textos, documentos ou livros, trabalhar com a elaboração e produção de conteúdo para e-books, ser um copywriter – especializado em criar textos para gerar vendas ou para alcançar os objetivos preestabelecidos  – para empresas, produtos ou pessoas. Se possuir domínio em outro idioma – inglês, espanhol, francês… –, a área da tradução de textos também é uma alternativa para você.

Aqui estão algumas plataformas digitais feitas para freelancers onde você pode começar a buscar por alguns jobs:

  • Workana;
  • Jobzz;
  • 99Freelas;
  • Freelancer.

2. Redes sociais

Você conhece o ramo da gestão de redes sociais? Ela engloba processos como criação de estratégias, análise, monitoramento e, a que nos interessa, produção de conteúdo. Você pode se tornar um profissional para um digital influencer criando conteúdos para plataformas como o Instagram por meio de legendas com CTA (Call to Action) – é o nome para o ato de incitar o leitor a realizar determinada ação –, ser roteirista para YouTubers ou escrevendo para anúncios para o Facebook.

Muitos desses influenciadores precisam de ajuda com essa etapa, que é extremamente crucial para se alcançar bons resultados e mais visibilidade, e o seu trabalho poderá facilitar a conquista de maiores números.

3. Publicação de livros

Se a sua área é a da escrita criativa, uma ótima solução é publicar livros. Você pode escrever sobre qualquer coisa que goste – romance, ficção, suspense… – e publicar em plataformas virtuais onde outras pessoas possam comprar a sua obra. Plataformas como a Amazon foram feitas para facilitar a sua vida, o Kindle Direct Publishing te possibilita publicar de graça, estipulando o preço que quiser e conservando os seus direitos autorais, você só precisa investir na divulgação se quiser.

Se antes você podia trabalhar na produção de texto para um e-book, por que não fazer o seu e lucrar com isso? A venda de e-books sobre qualquer área que te interessa – culinária, exercícios, produtividade, como escrever melhor… – pode ser altamente vantajosa nessa era digital em que vivemos. Invista tempo e qualidade nesse serviço, pesquise e leia bastante, busque entregar um conteúdo relevante e que valha a pena.

4. Blog

Que tal começar um blog? Pense nos seus interesses, nas suas habilidades, agora invista um pouco do seu tempo e dedique-se a mantê-lo sempre atualizado e abastecido de assuntos que agradem também ao seu público-alvo.

Tenha conhecimento sobre SEO (optimização para motores de busca) – é o conjunto de métodos com a finalidade de melhorar e potencializar o posicionamento do seu site – e sobre plataformas de divulgação, como o Google AdSense, para começar a lucrar com o seu blog. Permita a divulgação de anúncios ou faça divulgações de algum produto/serviço para ganhar comissão.

Saiba que pode levar certo tempo para conseguir um bom público, mas, comece chamando amigos e familiares para avaliarem, e, se for algo do seu agrado e algo prazeroso, valerá a pena ter se dedicado a tal função.

5. Ghostwriting

Nome para a prática do escritor que vende os direitos autorais de algum conteúdo que produziu. Você não recebe os créditos por ter produzido o texto para um livro, uma apostila ou qualquer obra, mas recebe pela cessão dos direitos. Você poderá ganhar exatamente pelo trabalho que fizer. Quanto mais escrever, mais receberá por isso. Você não estará associado à autoria dos textos que escrever.

Apesar disso poder ser um problema para alguns escritores, pode ser, também, uma boa oportunidade para se desvincular emocionalmente dos textos e escrever de forma mais livre. Dessa maneira, você pode se arriscar e escrever com a liberdade que quiser e lucrar com isso.

Há muitas outras formas de se ganhar dinheiro remotamente por meio da escrita, mas espero que tenha ficado claro que é possível e que existem maneiras de utilizar o seu talento para se beneficiar. Não esqueça que, independente do que escolher fazer, tudo requer conhecimento e comprometimento. Você precisa entregar conteúdos relevantes, que possuam consistência. Por isso, nunca pare de pesquisar, de estudar novos assuntos, de buscar evoluir e se aperfeiçoar em algum âmbito. Mantenha-se atualizado e pratique, pois é fazendo que se aprende.

1 Comment

  • Sempre tive afinidade com a escrita e descobrir que existem maneiras de tornar um hobby lucrativo sem sair de casa é bastante motivador. Procurarei mais sobre o assunto. Agradeço pelas dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.