MAITÊ PROENÇA APRESENTA TEXTO DA SUA AUTORIA NO TEATRO DEODORO

Na vida de qualquer pessoa, chega um determinado momento em que é preciso parar e refletir. Entender que a vida é curta demais para ser levada totalmente a sério. Em “À beira do abismo me cresceram asas”, que chega a Maceió nos dias 25, 26 e 27 de julho, as atrizes Maitê Proença e Clarisse Derzié Luz interpretam duas senhoras octogenárias que descobriram a fórmula da felicidade: simplificar a vida, já que não há tempo para complicá-la.

Com texto da própria Maitê, que divide ainda a direção com Clarice Niskier, o espetáculo é uma comédia dramática, e traz as personagens Terezinha (86) e Valdina (80) falando sobre quaisquer assuntos – sexo, diferenças entre homens e mulheres, abandono, o bom e o ruim. As amigas têm personalidades diferentes: enquanto a primeira é de temperamento carrancudo, a segunda vive o dia a dia com otimismo, sem nostalgias, embora carregue um grande segredo. Contudo, compartilham da mesma praticidade para viver cada instante com entrega, vontade e fervor.

Poesia, emoção e bom humor se encontram no palco durante os 75 minutos de peça, cujo propósito é refletir sobre o tempo, as emoções da vida, a solidariedade e a importância de dividir, em um misto de humor e delicadeza.

Por onde passa, a repercussão é positiva em todos os sentidos. Clarisse Derzié Luz foi indicada ao Prêmio Cesgranrio de Melhor Atriz por seu desempenho na peça, enquanto Maitê foi convidada a publicar em livro o roteiro, lançado em novembro pela editora Gisotri, com sua primeira edição esgotada em menos de um mês. As resenhas culturaiss refletem a riqueza dramatúrgica criada em “À beira do abismo me cresceram asas.

Bárbara Heliodora, do jornal O Globo, considera um “retrato encantador de duas mulheres. Um diálogo tocante. Um espetáculo de imenso encanto que fala sobre todos nós com sabedoria e humor. O texto resulta fluido, ora alegre, ora emotivo e gostosamente teatral”. Já o crítico de arte Lionel Fischer considera “pertinentes reflexões sobre o tempo. O espetáculo transcorre em uma atmosfera que valoriza, com delicadeza e humor, todos os conteúdos em jogo. A peça, portanto, faculta ao espectador – seja qual for a sua idade – a oportunidade de refletir sobre o que está fazendo com sua própria vida”.

Mais de 45 mil pessoas já assistiram ao espetáculo durante as temporadas em São Paulo e Rio de Janeiro, e passagens por Natal, Recife, Belo Horizonte, São Luiz, Porto Alegre, Salvador, Curitiba e Brasília. A próxima parada é a capital alagoana, no Teatro Deodoro, dias 25 e 26 de julho, às 21h, e no dia 27, às 20h.

FOTO 3

Serviço

“À Beira do Abismo Me Cresceram Asas”, com Maitê Proença e Clarisse Derzié Luz

Local: Teatro Deodoro (Praça Deodoro S/N – Centro)

Quando: de 25 a 27 de julho (Sexta e sábado às 21h, e domingo, às 20h).

Ingresso: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)

Vendas: Lojas WO – Maceio Shopping e Hiper Farol

Classificação: 12 anos

Duração: 75 minutos

Produção local: G A Produções e Eventos

Informações: (82) 3032 5210 / 9601 2828

Site: www.gaproducoes.com

Instagram: @gaproducoes

Facebook.com/gaproducoesmcz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.