Vamos falar sobre Aceitação…

Foto: Sharon McCutcheon - Unsplash

Aceitação é a chave da autoestima. É a porta aberta para o autoconhecimento e a partir dela é que nos apropriamos de quem somos. Ficar no lugar de negar sua origem, sua família, sua história não te faz se transformar na linha do tempo da sua própria evolução. 

Aceitar o passado com tudo o que há nele é libertador. Não importam os erros cometidos, entenda como alguém que ainda não havia amadurecido o suficiente para ter bom discernimento de suas atitudes.  

E falando em atitude, que tal experimentar uma nova atitude sobre si mesma? Um novo olhar, particularmente seu, na frente do espelho que reflita o seu exterior e também o seu interior mais profundo, mais guardado e que só você tem acesso?

Você pode fazer isso através da conexão feminina. 

A Transição capilar é uma opção de fora para dentro. Entender seu cabelo como ele é e aprender a cuidá-lo. Ver as respostas que ele traz de acordo com os estímulos de técnicas e cuidados capilares diários. É libertador, incrível, contínuas descobertas acerca de ser livre de padrões.

A Mandala Lunar é uma opção, para as que menstruam. E quem no momento optou por não menstruar, nada impede de mergulhar nesse Universo e obter conhecimento acerca da Menstruação. Importante é ressignificar nossas dores. Sejam elas menstruais, natureza in foco, seja o medo do parto natural, da amamentação. 

Somos mulheres vítimas de uma criação domesticada.

Disseram para nossas mães que elas não eram capazes de trazer-nos ao mundo. Disseram que não somos resistentes à dor de parir e nascer. Meses após, trouxeram suplementos químicos que substituísse o leite materno. E como se fôssemos robôs, aptas a reproduzir e cuidar dos homens, foi que crescemos.

Cedo tivemos o acesso a salões de belezas, pois ter cabelo natural não se enquadra no padrão de beleza universal que os homens apreciam, europeu patriarcal. Criaram diversos estigmas acerca do nosso ciclo. Nos desconectaram do ciclo da Lua.

Eu convido você a aceitar a sua Natureza Feminina. 

São âncoras que nos afirmam que firmam nossa existência.

Depois conta da liberdade do ser que você vai experienciar. Pode compartilhar comigo direto do meu instagram pessoal: @tamiresmeloficial.

Eu desejo que você se aceite e floresça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.