Curso de Marcenaria Sustentável compartilha conhecimento e vontade de mudar o mundo

Em um mundo que te convida cada vez mais a colocar a mão na massa, o Curso de Marcenaria Sustentável que a Pallet Maceió lançou, nesta segunda-feira (28), em parceria com o Sebrae em Alagoas é uma boa pedida. Ao longo de seis semanas, é possível aprender a arte da bricolagem, ou como manusear pallets e madeira reflorestada para montar peças de decoração e até seus próprios móveis, seja para decorar sua casa ou para empreender nesta área.

“Marcenaria não é um bicho de sete cabeças, basta ter um pouco de técnica e as ferramentas adequadas”, convidou o instrutor Bruno de Luccas. Ao lado do sócio na Pallet Maceió e também instrutor, Fabrício Serbim, ele foi o primeiro a convidar os inscritos – ou melhor, as inscritas, já que a maioria esmagadora das participantes nestas e em outras oficinas de bricolagem são mulheres. Essas, pensam em como poderiam mudar suas vidas empreendendo usando a marcenaria.

A jovem Sílvia Afonso, de 23 anos, estudante de Letras/Inglês na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), filha de marceneiro, tinha essa ideia clara em sua mente. “Eu gosto de criar e sempre gostei de fazer minhas coisas em casa, bem ‘do it yourself’ (DIY). Há muitos vídeos mostrando como montar móveis e tal, mas acho que faltava um pouco do conhecimento da parte técnica. Além disso, não quero ser só professora; um curso de marcenaria abre muitas possibilidades de carreira e mercado”, defendeu a jovem.

Além de incrementar a própria renda, o curso vai incentivar diretamente o engajamento com a proteção de animais. O projeto final das participantes será uma estrutura de lazer e de organização para os gatos e cães da ONG Pata Amada. A parceria foi firmada com a presidente Mylene Leite, também aluna do curso.

“Eu mesma já fiz caixotes em minhas incursões na bricolagem, mas era aquela coisa bem improvisada. Estou muito feliz em ver que os participantes estão abraçando essa ideia. Vai ser uma ajuda muito bem-vinda para a ONG. Os animais vão adorar!”, afirmou Mylene, enquanto Sílvia pesquisava na internet para mostrar modelos de estruturas de lazer verticais para gatos, montadas nas próprias paredes.

Essa empolgação também é um dos objetivos da Pallet Maceió, como apontou Mel Jovanovich, esposa de Bruno, sócia e agora, administradora “full time” da Pallet Maceió. “Eu saí do meu emprego de 12 anos para dar uma atenção total à empresa, acredito que chegamos neste ponto. Nossa proposta também é fazer com que as pessoas peguem gosto pela bricolagem na visão do reuso e reaproveitamento dos materiais. Nós acreditamos em escolhas inteligentes para promover a preservação do planeta”, defendeu Mel.

Sobre o curso

O Curso de Marcenaria Sustentável foi estruturado em 24 horas/aula, com turmas de 10 pessoas às segundas e quartas ou às terças e quintas, das 18h30 às 21h30, ao longo de seis semanas. Em 23 de novembro iniciarão as aulas aos sábados, no formato semi-intensivo. A metodologia é no formato de 90% de aulas práticas, com “mãos na madeira”, tendo disponível a matéria-prima (madeira de reflorestamento pinus), usando o maquinário da Pallet Maceió e algumas ferramentas emprestadas pela loja Leroy Merlin, onde as primeiras aulas de bricolagem tiveram lugar.

O investimento é de seis parcelas de R$ 115,00, onde a aluna leva para casa cada projeto montado e um kit de ferramentas composto de luva, óculos, protetor auricular, trena, esquadro, régua, lápis de carpinteiro e um bloco de anotação, fora a apostila montada pela equipe da Pallet Maceió. Inscrições e mais informações pelo telefone (82) 98840-7076, pois ainda há vagas!

Outras oficinas

Além de “fornecedores oficiais” das prateleiras da 9ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, a Pallet Maceió irá ministrar uma rápida oficina de bricolagem durante o evento, como uma das atrações do estande do Sebrae em Alagoas. Esta será uma das propostas de “soluções pocket” para o público, dentro de um evento com tantas informações e distrações.

“O espaço do Sebrae na Bienal terá, no dia 6 de novembro, uma oficina de bricolagem. Além dela, teremos oficinas práticas de cerâmica, de vitrinismo e também da renda Renascença, todas no espírito do faça você mesmo. Temos percebido a grande demanda por essas ações de prática, mas as pessoas não encontram tempo ou precisam de algo mais curto, então estamos na visão de atender a real necessidade de quem está buscando as informações para empreender”, ponderou Agda França, analista da Unidade de Indústria do Sebrae em Alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.