O charme da região de Pedra Azul

Um aconchego no interior do Espírito Santo

Você tem vontade de conhecer um destino no Brasil que associe gastronomia, contato profundo com a natureza por meio de trilhas, canto dos pássaros, piscinas naturais e a busca pela paz num lugar todo pensado para o usufruto do mais profundo descanso?

A junção desses três pilares pode ser encontrada na serra Capixaba, na região de Pedra Azul, um distrito que pertence a Domingos Martins, a cerca de 100 km da capital do Espírito Santo, Vitória.

O local e as cidades da vizinhança são um charme absoluto, teve gente até que a denominou como sendo um pedacinho da Toscana brasileira.

Apropriação indevida ou não o fato é que a região é circundada por um certo fascínio e encanto, visto que foi povoada por imigrantes italianos no final do século XIX e mantém forte sua influência nos costumes, na gastronomia e no paisagismo.

A atração principal do local é a famosa Pedra Azul, uma formação rochosa que por conta da incidência do sol, pode mudar de cor muitas vezes por dia, chegando na famosa coloração azul. Ao seu lado está a Pedra do Lagarto, que possui o formato semelhante ao de um réptil.

E bem em frente a esse ponto tão icônico, lá está ela: A pousada Rabo do Lagarto, localizada a 1100 metros de altitude conta com 18 chalés, um dos quais é a residência da proprietária Lília Mello e de seu marido, todos são diferentes e contam com nomes que fazem menção a um destino favorito da anfitriã – uma viajante inveterada – ou resgatam nomes de personagens históricos, como por exemplo, Maria Antonieta.

A pousada faz parte do Roteiros de Charme desde 2011 e também do Exclusive Collection Hotels.

Logo ao fazer o check in o hóspede se depara com a recepção que é sui generis: inúmeros objetos preenchem as muitas prateleiras presentes por lá e  transmitem o que há de melhor em cada país visitado por Lilian.

Um dos diferenciais da pousada Rabo do Lagarto é o sonho de muito viajante:

O café da manhã é servido no horário que o hóspede desejar, sem contar com as chamadas surpresinhas – servidas no café por funcionários muito prestativos e carinhosos – como se fossem parte de um menu degustação.

O Bistrô Chê Lagarto é o restaurante da pousada e faz parte das muitas opções gastrônomicas da região.

Quando estiver lá, não deixe de saborear o nhoque ripieni, recheado com queijo gorgonzola ao molho de cogumelo paris. Aliás o bistrô têm servido como palco para diversos chefs compartilharem com os clientes suas criações gastronômicas em datas específicas.

Salvatore Loi que foi chef do Fasano por mais de uma década também já esteve no Chê Lagarto.

 E para quem gosta de fazer trilhas se hospedar nessa pousada é o ideal pois ela está localizada a apenas 5 km da entrada do Parque Estadual da Pedra Azul que tem, ao todo, 1240 hectares, dos quais uma área fica aberta para visitação e realização de trilhas.

Um dos percursos mais conhecidos é o que te leva até as piscinas naturais, numa trilha de cerca de duas horas e meia, ida e volta.

Espero que esse local na serra capixaba possa fazer parte da sua bucket list.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.